Pesquisas Quantitativas e Qualitativas: qual a diferença?

pesquisas quantitativas e qualitativas

As pesquisas quantitativas e qualitativas têm metodologias diferentes, mas complementares, que podem ser combinadas em um mesmo questionário para conseguir resultados mais profundos e esclarecedores.

Entender a diferença entre os métodos e os objetivos de cada um deles é importante para aplicar uma pesquisa eficiente e obter dados certeiros.

Pesquisas quantitativas

Pesquisas quantitativas são aquelas que apresentam informações e resultados numéricos, objetivos.

Elas são usadas para coletar dados concretos e estatísticos, que ajudam a definir características, identificar opiniões ou comparar dados. Como, por exemplo, as pesquisas de intenção de voto, questionários para definir perfil (gênero, idade, renda…) de público, frequência de compras ou nível de satisfação com o atendimento.

Na formatação, as pesquisas quantitativas são aquelas que usam, geralmente, perguntas de múltipla escolha, rankings, avaliações em escala, matriz ou respostas dicotômicas.

Os resultados dessas pesquisas sempre podem ser visualizados em tabelas ou gráficos e os dados estatísticos respaldam ações e decisões estratégicas. Por serem mais objetivas, também permitem que se alcance um número maior de amostras/respostas.

Pesquisas qualitativas

As pesquisas qualitativas são aquelas que trazem resultados mais subjetivos, porém com mais detalhes e profundidade. Elas tem o objetivo de compreender a origem dos dados – entender os motivos, opiniões e experiências individuais dos participantes.

Por serem mais aprofundadas, as pesquisas qualitativas podem ser feitas com uma amostragem menor de respostas. Elas geralmente são aplicadas por meio de entrevistas ou com questionários de respostas abertas, que estimulam o respondente a dar sua opinião de forma mais detalhada.

Por não resultarem em dados numéricos, essas pesquisas não geram gráficos, mas sim relatórios aprofundados que são úteis para compreender motivações, detalhar comportamentos ou abrir novas opções de ideias. 

Leia também: Como conseguir mais respostas em uma pesquisa de satisfação

 

Faça seu comentário