3 dicas para começar a usar o Geomarketing em seu negócio local

geomarketing

O geomarketing é uma estratégia de marketing que usa a localização geográfica de consumidores como base para aprimorar processos de divulgação e decisões estratégicas.

Por meio da tecnologia de geolocalização de dispositivos móveis ou computadores, por exemplo, é possível identificar onde estão consumidores, analisar a presença de concorrência e definir regiões com maior potencial de negócio. 

Essas informações, por fim, podem ser usadas para direcionar ações, segmentar campanhas mais eficientes e otimizar a experiência dos seus clientes.  

Para negócios locais, como restaurantes e serviços de delivery, ter uma estratégia de geomarketing pode trazer diversos benefícios. Com a evolução da tecnologia, os meios para implementar o geomarketing tem se tornado cada mais mais diversos e acessíveis para empresas de todos os portes.

Quer dar os primeiros passos na sua estratégia de geomarketing? Continue lendo e confira nossas dicas.

Cadastre-se no Google Meu Negócio

Uma das formas mais simples e eficientes de começar a usar o geomarketing para divulgar sua empresa é com o Google Meu Negócio.

Trata-se de um recurso gratuito que te permite cadastrar dados do seu estabelecimento, para que ele seja encontrado mais facilmente na rede de pesquisas e apareça em destaque ao lado direito da tela.

Para começar a usar, basta ir até a página da ferramenta e seguir as instruções para cadastrar as informações do seu negócio. Além de localização e dados de contato, você pode personalizar o cadastro com horário de funcionamento, fotos e vídeo.

Dessa forma, a localização do seu estabelecimento ficará vinculada ao Google Maps e você tem mais chances de aparecer com destaque nas buscas de potenciais clientes que estiverem na região.

Segmente anúncios digitais por geolocalização

Uma das maiores vantagens do marketing digital frente aos modelos offline é a possibilidade de segmentar campanhas para o público desejado e, assim, otimizar a verba de divulgação e trazer mais resultados.

A maioria das plataformas de mídias digitais pagas — como o Google Adwords e o Facebook Ads — possuem registros geográficos dos clientes e permitem o direcionamento das ações promocionais por localização. 

Essa segmentação pode ser feita em diversos níveis – por país, estado, cidade… Para negócios locais, vale a pena usar a distribuição direcionada por CEP, bairro e até raio de distância do estabelecimento. 

Geotagging: inventive clientes a marcarem sua localização

O geotagging é colocado em prática toda vez que um cliente marca a localização do seu negócio em uma publicação, faz check-in no estabelecimento ou utiliza um filtro de localização em uma rede social.

A principal vantagem do geotagging é o fato de ser uma divulgação orgânica e espontânea, que te ajuda a espalhar sua marca com credibilidade e ainda servem como um canal para feedback de clientes.

Essa prática é muito comum quando as pessoas estão em um evento, visitando um novo estabelecimento ou fazendo uma viagem. Mas ainda que essa seja uma ação com iniciativa dos clientes, você pode estimular as marcações oferecendo algum desconto ou benefício em troca. Se você oferece conexão WiFi para clientes, também pode usar uma solução de hotspot social que ofereça a opção de check-in sempre que um cliente se conectar à sua rede. 

Além disso, é importante que as informações de localização do seu negócio nas mídias sociais estejam cadastradas corretamente, de forma a facilitar o processo para os consumidores. Para isso, lembre-se de cadastrar sua fanpage como um negócio local no Facebook e criar uma localização personalizada no Instagram.

E você, já conhecia o geomarketing?

Por meio de uma estratégia como essa, você se destaca da concorrência ao oferecer conteúdos mais relevantes para consumidores em potencial, além de otimizar sua verba de divulgação.

E se você está interessado em estratégias de marketing para o seu negócio, confira também nosso artigo com dicas para divulgar um serviço de delivery. 

Faça seu comentário